Manicure à americana

Uma das coisas que mais sinto falta morando aqui é fazer a unha. Sabe aquele ritual delicioso de ir ao salão, abrir a Caras, relaxar, e 30 minutos depois, sair com as unhas coloridinhas, a mão limpinha, sem cutícula?! Pois é, morro de saudades desse ritual.

Foto: O Globo… de um artigo contando como algumas manicures faturam até 2.500 mensais…e isso em 2007!
Viu, meu ponto abaixo faz TODO sentido rsrsrsrsrsrs

Fazer a mão aqui nos EUA é um estorvo. Primeiro, porque é bem caro (normalmente, a mão custa uns $15 doláres, mas já cheguei a pagar $40 em um salão brasileiro…que me fez pensar que, se tudo der errado, o plano B pode muito bem ser abrir um salão brasileiro aqui nos EUA…as americanas são LOUCAS pelas nossas manicures, nossas escovas de chocolate, e não preciso nem dizer que depilação chegou aqui via Brasil, né?! Afinal, depilação de virilha não se chama “Brazilian Bikini Wax” à toa..) Mas voltando ao meu ponto sobre manicures…

Segundo, fazer a unha aqui é (normalmente) uma experiência bem tosquinha, pois as manicures são PÉSSIMAS! Elas não tiram cutícula (ou quando tiram, arrancam bife…e mesmo assim não limpam direito). Isso porque a maioria não entende o conceito de um alicate amolado e muito menos a importância de gastar mais de 5 segundos tirando cutícula em cada dedo. Elas não usam pauzinho de laranjeira para pintar…tentam pintar a unha “sem borrar,” ou seja, o esmalte na unha não começa juntinho ao dedo, sabe? (isso também significa que várias vezes os cantinhos laterais da unha não são pintados).

Saudades do pauzinho de laranjeira…
Foto: O Globo.

Não me perguntem por que, mas aqui, os salões ADORAM usar ventinho para secar esmalte. Como assim?! Bem, várias mesinhas de manicure (é, mesinha! aqui manicure tem mesinha, não cadeira…) vem com um ventiladorzinho embutido, e enquanto ela pinta uma mão, sua outra mão está no ventilador, “secando,” ou seja, criando bolhinha no esmalte.

Criando bolhinhas, oops, “secando” o esmalte…

Já tentei falar inúmeras vezes que não gosto do ventilador, mas desisti…porque TODAS as manicures nos EUA são coreanas e NENHUMA fala inglês (tá, já fui a uma manicure que era russa e outra que era porto-riquenha, mas adivinha se elas falavam inglês?!) As trocas verbais são limitadas à “Thank you” “No, red, not pink.” “Ai!” (relativamente comum ao arrancarem mais um bife…)

Resultado: fazer a mão (ou o pé) aqui não chega nem aos pés de fazê-los no Brasil…

Tem apenas duas coisas que acho “melhorzinhas” aqui em termos de fazer a mão: a seleção de cores é beeeem maior (mas a qualidade, não sei não…) Ao contrário da maioria dos salões no Brasil, aonde a manicure é responsável pelos seus próprios esmaltes, aqui os esmaltes (na verdade, os equipamentos todos) são do salão, ou seja, as manicures dividem todas as cores, produtos, etc. A segunda coisa que acho melhorzinha (no sentido de ser mais eficiente) é que aqui sempre se paga antes de começar a pintar. É meio estranho, pois elas lixam, cutilam, hidratam sua mão, e logo antes de colocarem a base, te dão a conta. Tá, é melhor, porque no Rio, de duas, uma: ou eu peço para a recepcionista abrir minha carteira, pegar o dinheiro, etc ou eu acabo borrando minhas unhas fresquinhas. Porém, acho que o “momento” da conta poderia ser antes do serviço, né? (interromper durante é meio chatinho…)

Tá, você deve estar se perguntando: “Mas se você acha tão tosco assim, então porque você faz a unha aí?” Bem, é mega raro eu ir a manicure aqui…porém, tenho uma confissão: quando eu não faço unha, acabo roendo tudo (mania de infância).

Unhas que queria ter…mas pintadas de vermelho, é claro rsrsrsr

Como esse ano as unhas têm que estar lindas, longas e saudáveis para o casamento, resolvi que duas vezes por mês irei a manicure. Sendo assim, semana passada fui logo e dei um pulinho no salão aqui perto de casa. O resultado final foi esse:

Como pode ser visto acima, o resultado foi: vários bifes arrancados, cutículas ainda visíveis (vide dedão), esmalte mega grosso (que descascou em 4 dias) e uma separação relativamente óbvia entre partes da unha que foram pintadas e os cantinhos que não foram pintados. A única coisa que gostei foi a cor do esmalte (verde menta não é cor de adolescente, viu?! Se saiu no desfile da Chanel, então é classy and mature!!!)

Desfile Chanel…esse verde jade arrasou em 2009!

Conclusão: enquanto procuro outro salão para fazer a mão, tenho que me controlar para não roer a unha…já tirei o esmalte verde (quando uma unha começa a descascar, eu preciso tirar o esmalte de TODOS os dedos, se não começo a “puxar” o esmalte das outras unhas, descascando na marra…) e depois de ter lido esse post no blog da Lili, estou re-avaliando a opção de cutilar…mas a lição importante da semana (que foi re-enforçada): manicure aqui SUCK!!!


20 comentários sobre “Manicure à americana

  1. Oi Helen, eu também faço a mesma coisa com o esmalte, se não eu também começo a tirar as outras e isso não é bom!
    Gostei de me ver por aqui e saber que o post deu para ajudar algumas pessoas e fazer outras pelo menos refletirem sobre o assunto! =P
    Acho que vale a pena você tentar, assim não fica machucada (bife dói) e se elas não crescerem o suficiente, quando chegar ao Brasil vc pode colocar algum tipo de unha para casar, eu usei de fibra de vidro. Ficaram tipo da foto que você queria ter pintadas de vermelho…
    Beijão e boa sorte!

    P.S. depois conta o que vc resolveu sobre as unhas =P

    Curtir

  2. Aff Maria, que suplício… imagina dar a mão pra alguém que nem entende a gente!! Tá passando trabalho mesmo hein Helen? E a dica da Lili é ótima, eu fiz por um tempo e dá super certo, é só ter paciência, fiquei quase um ano sem alicate, só não tive mais saco pra passar tanta coisa nas mãos e ficar empurrando o excesso no chuveiro.. hehee Mas super recomendo!! Beijocas

    Curtir

  3. Ai Helen, imagino o quanto você sogre, rs.
    Sério odeio que tiram bife da minha unha, arde, e fica feio =/

    Então quando a coisa não está lá essas coisas, leia-se $$, eu mesma faço, com isso aprendi a fazer muitas coisas, e fica até bonitinha, acho que vou ganhar dinheiro ai, rs.

    Beijos Linda, e boa sorte com a procura de uma nova Manicure
    ;**

    Curtir

  4. Caracaa, tadinha!! Entendo seu sofrimento, mas o meu caso é o contrário. Não faço em manicure pq não tiro minha cutícula, mas como ela é curtinha, só empurro com os pauzinhos de laranjeira que vc sente tanta falta! rsrs…
    Depois de ver a foto da sua mão (tá nítido que doeu um bocadinho esse bifes!), to pensando em ir pros EUA e virar manicure! Faço a minha mão melhor que a louca que fez a sua! rsrs…
    Mta boa sorte na sua jornada!

    Curtir

  5. Caramba, que tortura! Rs.
    Fiquei com dó quando vi seus dedos todos “esfolados”.
    Tb costumo fazer eu mesma as minhas unhas, pq já aconteceu de ir na manicure e deixarem as laterais sem pintar, bolhinhas no esmalte, ou tirarem “bifes” e como não consigo reclamar, prefiro fazer eu mesma e acho que faço direitinho. Já conhecia a fama das manicures daí e agora com esse depoimento seu, não entendo porque as pessoas pagam(e caro) por este serviço.
    Sobre o meu cabelo: o penteado que eu quero é meio solto meio preso mesmo, só que com a parte de trás(solta) cacheada ou pelo menos ondulada. Ainda não conheço a técnica de cachear com a chapinha, vou procurar saber. Já usei o baby liss e aquele modelador redondo que tb esquenta, mas o efeito não durou muito. Até pensei em ficar uns dias dormindo com trança, talvez funcione. Mas vai dar tudo certo… 🙂
    Bjos :*

    Curtir

  6. Helen do céu se eu for numa manicure q detonar minha unha assim eu infarto, rsrrss
    No dia do meu noivado q ñ deu certo, aconteceu isso e depois fiquei até feliz em ter tido tempo de consertar o estrago antes de usar a aliança.

    A cor é maravilhosa,bem chanel mesmo né?!?!Rrsrsrs

    Beijokas!!

    Curtir

  7. Amiga, eu faço minhas unhas por aqui… Por uma questão de sobrevivência, aprendi…rsrs Se quiser, posso fazer a sua quando quiser, não fica profissional, mas eu não tiro bife não…

    Ah, e no Brasil, o negócio tá começando a mudar… Muitos salões já tem milhares de opções de esmalte, inclusive Chanel (mas aí é mais caro né…) E eu sempre pago a minha unha antes de fazer, é só vc pedir…

    bj

    Curtir

  8. Nossa essa sua mania de infancia é igual a minha se nao ta pintanda acabo roendo e ainda quando ta pintada a minha quebra com uam facilidade e nao adianta colocar milhoes de produtos tudo quebra.Bom eu tbm preciso manter minha unhas lindas para o casamento na verdade compridas isso que importa!!Boa sorte para nos!!

    Curtir

  9. Tenho o mesmo problema aqui! As manicures italianas sao super sem nocao, pintam so' o meio da unha, fica uma tirinha larga como o pincel, super trash! Ultimamente eu mesma tento ajeitar as unhas, volto sempre do Br com estoque de alicates amolados (Aqui nao amola) e muitos esmaltes, cheguei a encontrar um manicure brasileira mto boa que achava q nunca conseguiria trabalhar fazendo unha por aqui mas logo caiu nas gracas das meninas la' no showroom, ficou super conhecida no mundinho da moda e agora preciso pedir pelo amor de Deus por uma vaguinha e criar coragem de desembolsar 50 euros pe/mao… prox. periodo no Br acho q vou fazer um cursinho no senac =)

    Curtir

  10. Helen,

    Tem um tempinho que vi uma reportagem da Globo em NY falando sobre as manicures e como as brasileiras sofrem indo aos salões daí …

    Nossa, até me animei em ir morar por aí e abrir um salão com presos mais em conta (rs…….)

    Beijinhos e boa sorte com a sua procura.

    Curtir

  11. me chamo Jardenes Marques, sou brasileiro e sou manicure, adoro essa profissão de cuidar da beleza das pessoas, é um praze!
    eu pretendo ir aos Estados Unidos trabalhar pois assim que conseguir ir, mostrarei meu trabalho …..aguardem eu irei levando todo meu conhecimento de unhas que sei fazer!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s