Os OUTROS Royal Weddings…

Como o ROYAL WEDDING é essa semana, eu estou sofrendo de overload de imagens do William com Kate e do Charles com Diana.

Resolvi então aproveitar esse embalo e postar imagens e vídeos dos outros royal weddings, que agora estão sendo um pouquinho “ignorados” rsrsrsrsrsrs Senta aí, pegue um cafézinho (ou melhor, um chá) e leia com paciência, porque eu me empolguei e acabei escrevendo bastante (Amor, se você reclamar que fiquei pesquisando “abobrinhas” ao invés de trabalhar, fique você sabendo que aumentei meu conhecimento histórico e cultural, viu?! 😛  )

1o) Rainha Victoria e Príncipe Albert de Saxe-Coburgo-Gota em 1840.
Curiosidade: foi a Rainha Victoria que institucionalizou a grande tradição de vestido de noiva BRANCO. Quem quiser ler sobre isso, o post está aqui (não tem nada a ver com pureza, mas sim com riqueza…) 

Como ela já era Rainha e ele era um “mero” príncipe (e seu primo de 1o grau), ela teve que quebrar a convenção social de esperar o pedido e teve que fazê-lo, pois como ela era superior ao príncipe, ele não podia pedi-la em casamento. Para quem acha que é deselegante, coisa de mulher desesperada, MUY moderno pedir o homem em casamento, tá aí uma lição: isso é feito desde 1839, então bora desencanar, tirar esse estigma, e fazer o pedido nós mesmas!

Como se isso não bastasse, a Rainha Victoria teve (até hoje) o mais longo reinado sobre o Reino Unido (63 anos). E para quem acha que, para ter esse poder todo, ela teve que abrir mão de seu relacionamento e sua feminilidade, sinto-lhe informar que estas enganado. Victoria e Albert são conhecidos na Inglaterra como um grande exemplo de amor e cumplicidade. Quando Albert faleceu em 1861, a Rainha passou o resto da sua vida em luto, somente usando preto e quase nunca saindo em público.

Eles tiveram 9 filhos e 42 netos. Todos seus filhos e 26 de seus netos casaram com famílias reais e nobres no continente europeu, e com isso, a Rainha Victoria ganhou o apelido de “Avó da Europa.”

Super recomendo o filme “A Jovem Rainha Vitória” com Emily Blunt no papel da Rainha. Vale a pena ser visto!

2o) Duque de York (que depois veio a ser o Rei George VI) e Lady Elizabeth (que depois, se tornou a querida Queem Mum), em 1923.

Ele a pediu em casamento três vezes antes que ela dizesse SIM. Ela foi a primeira noiva a colocar seu buquê em cima do Túmulo do Herói Desconhecido no Westminster Abbey. Desde então, todas as noivas o fazem.

Achei esse vídeo achei bem legal. São imagens do casamento deles.

3o) Rainha Elizabeth II (na época, ainda Princesa) e o Príncipe Philip, em 1947. 
Ele renunciou o trono grego para se tornar um cidadão inglês, e horas antes do casamento, foi nomeado Duque de Edinburgo. Fato bem legal: como a Rainha Elizabeth se casou logo depois da Segunda Guerra Mundial, seu casamento foi bem simples (para padrões de realeza). Suas damas usaram vestidos de poliester (ó meu deus!) e o tecido do vestido da noiva foi comprado com cupons de racionamento e as pérolas no bordado de seu vestido foram presentes de outros países, pois o Reino Unido passava por um período econômico austero.

O que é esse véu?! AMEI!

4o) Princesa Margareth e (o fotógrafo) Antony Armstrong-Jones em 1960.

O casamento da Princesa Margareth (irmã da Elizabeth) em 1960 foi o primeiro casamento real a ser filmado. Na época, foi visto por 20 milhões de telespectadores. Essa versão é meio cinema mudo rsrsrsrsrs
http://www.britishpathe.com/embed.php?archive=81804
O casal se divorciou em 1978, após vários comentários da Princesa que Antony era homosexual.

5o) Príncipe Edward e (a plebeia) Sophie Ryss-Jones em 1999

O “wedding” em si não foi lá grandes coisas, mas o “marriage,” ah, esse sim é importantíssimo na história recente da família real. Pelo seguinte: Esse é o único casamento da família real dos últimos anos que NÃO terminou em divórcio. Talvez seja porque eles não se expoem tanto quanto os outros membros da família real. Edward não usa título de príncipe e apesar de seus filhos estarem na linha de sucessão da coroa, não são chamados por príncipe e princesa (“Your Royal Highness”), utilizando ao invés seus títulos simples: Lady Louise e Visconde James Severn.

Fato interessante: 1992 é conhecido pela Rainha Elizabeth como o “Annus Horribilis,” pois este foi o ano que todos seus filhos até então casados (a Princesa Anne, Príncipe Charles e o Príncipe Andrew) anunciaram seus divórcios…e para completar, em novembro desse mesmo ano, o palácio residencial da Rainha, o Windsor Castle, pegou fogo…

6o) E finalmente, mesmo estando cansada de ver essa referência, o casamento real mais marcante da história recente: Charles e Diana, 1981.


Até hoje, a quantidade de tafeta me impressiona. No início desse vídeo, a repórter faz o seguinte comentário: “se você pedisse para uma menina desenhar uma princesa, ela desenharia esse vestido.” E realmente, nos dias de hoje, um vestido com essas mangas, com essa cauda, com essa quantidade de tule, é BEM over…porém, não tem como negar que é digno de uma princesa! Afinal, não é qualquer uma que dá conta de uma cauda de mais de sete metros…

Não resisti e tive que colocar duas sequências de fotos, pois o vestido merece rsrsrsrsrs
Eu sei que o post foi mega longo e histórico, mas e aí? Gostaram? 
Esquilo Adaptado também é cultura rsrsrsrsrs

12 comentários sobre “Os OUTROS Royal Weddings…

  1. Adorei a observação que vc fez pro seu noivo! rsrs…
    Agora, mesmo tendo que ser econômica, ng merece poliéster!!!! hauahuahua…
    Mto bom o seu post de hoje.
    PS: Mesmo seu amigo dizendo que o filme ficou ruinzinho, sempre vale a pena rever os smurfs, principalmente na tela grande! hehe..
    Beijos!

    Curtir

  2. Tbm adorei o texto e as ilustracoes!Tive a oportunidade de ver de perto o vestido da lady Diana,em uma exibicao em Fort Lauderdale no Museu de Arte,o irmao dela foi responsavel pela exposicao c/ 150 pecas expostas…

    Curtir

  3. Eu ODEIO a Rainha Vitória! Odeio o período Vitoriano – cheio de gente cheia de falsos pudores – e tenho certeza que os filhos dela eram todos loucos pq eles eram primos! Sem falar que o estilo de vestido usado na época, com aqueles ombros redondos eram horríveis! Honestamente, não acho que eles eram tão felizes assim, tenho uma amiga que é apaixonada pela Vitória e em vários filmes que ela me obrigou a ver, achei que os dois não tão companheiros assim, mas que faziam de tudo para manter as aparências como era obrigatório na época.

    Sou apaixonada pelos Plantagenetas, Tudors e Elizabeth II. Aliás consegui ficar ainda mais fã do casal Elizabeth II e Philip depois de saber de mais detalhes do casamento deles!

    Beijos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s