Review: La Suite

As chaves dos quartos: cada suite, uma cor.
Foto: Renata Xavier
Provavelmente já deveria ter feito esse post há um bom tempo…mas enfim, vamos lá (dica: é bom sentar, buscar um cafézinho, colocar no celular no vibracall, porque o post ficou mega longo…)
O que eu achei do La Suite?

O hotel é bem diferente e é maravilhoso para as fotos. Esse foi o motivo principal pelo qual o escolhemos, pois eu queria fotos originais (chega de fotos no janelão do salão principal do Copacabana Palace, né? Como disse no post original sobre a escolha do hotel, não tenho nada contra o Copa, afinal, as fotos da minha irmã lá ficaram maravilhosas. Mas eu queria algo um pouco mais original…sem falar que acho que não faz sentido nenhum casar em São Conrado e depois se despencar pra Copa, né?!)

Sobre esse ponto de vista (ter fotos originais) o La Suite cumpriu seu devido papel. 
Fala sério, tem mais algum outro lugar no Rio com essa luz e esse pano de fundo RED? 
Foto: Renata Xavier
Foto: Renata Xavier
Outra coisa que eu queria era um visual externo bonito, bem carioca (sem ter que me despencar até Copa/Sta Teresa…) e isso o La Suite também tem. 
Vista do quarto quando chegamos, ainda cedo.
Vista do quarto já ao anoitecer, por volta das 17:00.
A parte chata de casar no inverno é que a luz natural vai-se embora cedo…
Foto: Renata Xavier

As outras grandes vantagens do hotel foram as seguintes: 1) Pude levar a Poliarquia. São poucos os hóteis cariocas que deixam você levar bichinho. E o La Suite é pet friendly (também né, o dono é francês…)

Imagina ter perdido a oportunidade de fazer essa foto linda?!
Foto: Renata Xavier

Segundo, no La Suite não tem aquela competição de várias noivas para fotografarem no mesmo espaço. Explico: Ano passado, no making of da minha amiga Ticha no Copa, percebi que umas 2-3 vezes ela teve que esperar alguma outra noiva liberar o espaço do salão, para que ela pudesse fotografar. Não curti muito isso, pois me deu a sensação de produção em série: uma noiva fica tirando fotos, enquanto a outra espera, e quando chega a sua vez, já tem mais uma outra noiva esperando para usar o espaço. Tanto que, no casamento da minha irmã, pedimos para o Copacabana Palace não deixar outras noivas usarem o espaço do salão (noivas hospedadas no Copa no dia 13/11/10 que nos perdoem).

Mas voltando ao La Suite…lá, eu era a única noiva usando o espaço, exclusividade total! rsrsrsrsrs Pude passar o maior tempo fotografando com a Renata, que se empolgava cada vez mais com o espaço (pensando sobre o ponto de vista do fotógrafo, deve ser legal de vez em quando “fugir” dos espaços mais tradicionais…imagina ter que fazer fotos TODO SANTO sábado no mesmo local?). Além disso, como o hotel é super pequeno, não tinha hóspedes aleatórios parando para ver “a noiva” sendo fotografada. (Levanta a mão quem nunca deu uma de voyer quando esbarra em uma noiva pronta em saguão de hotel.)

Agora vamos às críticas…

Eu sei que o hotel é um boutique hotel, e por isso tudo é muito mais personalizado, mais “tranquilo” (forma educada de dizer “devagar”). Quando o Beto chegou, ele mesmo já avisou para a gente que serviço lá era meio complicado. Exemplo: Assim que chegamos no hotel para nos vestir, ficamos esperando uns 10 minutos lá fora após tocar a campainha…não sei se ninguém ouviu a campainha, se não tinha ninguém disponível para abrir a porta, mas o fato foi que esperamos um tempinho até abrirem a porta (NOT COOL quando você está carregando um vestido que tem o mesmo peso de um bizerro e parece que vai chover…).

Aí, já no quarto, resolvemos pedir água. Bem, ligamos para recepção, e nada de ninguém atender. Ligamos para o room service. Ninguém atendia. Depois de uns 10 minutos, ligamos de novo e finalmente alguém atendeu. Demorou uma meia hora para trazerem água para o quarto…(ligamos de novo, após uns 15 minutos para lembrar do nosso pedido). Mesma coisa aconteceu com o café…nesse caso, eu tive que fisicamente sair do quarto e ir procurar um funcionário para pedir cafézinho, pois ninguém atendia o telefone na copa/recepção (A louca andando pelo hotel de robe e bobs no cabelo.) 

Aí aprendemos: tudo tem que ser antecipado lá. Você ACHA que vai ficar com sede (mas ainda não está)? É melhor ligar logo e pedir a água, porque até a água chegar, a sede terá aparecido. Com o almoço, fizemos isso. Pedimos almoço antes mesmo de ficarmos com fome…uma hora e meia depois, o almoço chegou (e estava uma delícia. Salmãozinho com saladinha super leve, porém muito saboroso!)

Outra coisa é que nem todos os quartos são 100%: Thiago e eu ficamos na Black Suite e adoramos! O quarto é show, a vista é maravilhosa, enfim, o quarto em si é super bacana. Minha irmã e o marido tinham pensado em passar a noite na Pink Suite. Foi só meu cunhado ver o quarto, que desistiu. O ar condicionado não estava funcionando, o quarto tinha um cheirinho de mofo, e a decor era um pouquinho over demais para o gosto deles (minha irmã falou que era intimidante demais e meio “casa mal-assombrada” rsrsrsrsr). Eles acabaram voltando para casa. Se você for se hospedar lá, sugiro ficar na Black ou na White e visitar o hotel antes para conhecer o visual, pois nem todo mundo curte esse estilo de decoração. 
Escadas pequenas e escuras: mal-assombradas para uns, estilosas para outros 😉
Foto: Renata Xavier
A última crítica não é tanto uma crítica, mas mais um aviso: se você for se hospedar no La Suite, chegue de dia/tarde, quando os funcionários ainda estão no hotel. Quando minha irmã e o marido chegaram no hotel após o casamento, eles encontraram um casal recém-casados na portaria. Esse casal não tinha feito check-in de dia, estava chegando no hotel de madrugada mesmo. Fato importante: os quartos do La Suite não tem números, nem nomes nas portas. Resultado: o casal chegou, não tinha ninguém para recebê-los, eles pegaram a chave na recepção (todas as chaves ficam expostas na sala), mas não sabiam aonde ficava o quarto deles! Fantástico, né?! NOT! Minha irmã e meu cunhado tentaram ajudar o casal (as 4 da matina) a encontrar o quarto…mas fala sério! Imagina você acabar de casar, chegar no hotel para passar a noite de núpcias com seu marido, e ter que ficar testando a chave de porta em porta até encontrar seu quarto. Brochante, né?! Eu entendo que o hotel é um boutique hotel, que não tem muitos funcionários, etc, mas pelo preço e proposta do hotel, estávamos todos esperando um serviço mais eficiente. 
Resumindo: recomendo ficar no hotel se seu objetivo é ter um pano de fundo original para tirar fotos maravilhosas. Mas, se você está esperando serviço nota dez, talvez seja melhor procurar outro cantinho no Rio. 

10 comentários sobre “Review: La Suite

  1. Ui! Precisava desse post antes! hehehehe!
    To brincando… Nós queremos curtir preguiça mesmo… Mas ótima dica essa de antecipar as nossas necessidades! Vou tentar fazer isso! E a ideia de ir pra lá só depois da festa não está me parecendo tão interessante agora… Vou ter que pensar melhor no assunto… =/

    Obrigada pelo post!!!

    Bjs!

    Curtir

  2. Oi Helen!
    Só hoje que pude passar aqui e vi suas fotos Diva! Ficaram lindas! Adorei aquelas em que vc está debaixo do véu, puro glamour! hehe…
    Gostei da dica do hotel e realmente, a parede vermelha deu um “que” de Helen!
    Beijocas!

    Curtir

  3. Realmente o hotel é deslumbrante, mas essa coisa de ter que ficar na porta esperando alguém aparecer é meio esquisitinha, hein? Se bem que não é nada que desmereça o lugar… ^^

    Pensando seriamente aqui sobre abortar a ideia de voltar a pé pro apê depois do casamento! xD

    Beijos

    Curtir

  4. Ainda bem que vc avisou que era grande, fui pegar meu lanche! hehe
    Tô começando a achar que isso é coisa de francês, sabia? Li uns relatos de estrangeiros sobre o hotel que fechei (Le Relais) falando coisas parecidas… Quero ir lá dar uma olhada ao vivo no quarto e questionar sobre isso!
    Bjs!

    Curtir

  5. olha, eu conheço pouco do rio, mas pra mim, tudo de ruim compensou: as fotos valeram super a pena!!!
    Essas de vc diva, estão breathtaking!
    Menina, que arraso!
    beijos
    Ana six, do noiva moderna

    Curtir

  6. As fotos estão realmente lindas! Sua fotógrafa arrasou muito! E concordo com vc! Parece produção em série de noivas e muitas vezes por mais que os fotógrafos queiram, não tem como ter um olhar diferente todo sábado! rs
    bjus, ju

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s