O carro e o edredon

De todos os itens do casamento, o que com certeza dispensaria se tivesse que fazer tudo de novo seria o carro. Não me entendam mal, o serviço foi ótimo. O carro estava limpinho e o motorista foi simpático. Teve um pequeno atraso do carro para chegar no hotel (uns 5-10 minutinhos…o suficiente para eu ter que ligar para o serviço uma vez perguntando se o carro estava perdido no Joá, pois o La Suite é escondidinho, mas nada que causasse estresse). É só que o item acabou sendo bem desnecessário mesmo.

Primeiro, porque como a cerimônia foi no local da festa, não precisamos nos deslocar tanto (dava para termos um taxi nos levando para o hotel na saída da festa). Segundo, porque ninguém viu o carro, e eu, particularmente, sou completamente indiferente em relação a carros. Os únicos que curto são o Mini Cooper vermelho e qualquer Ferrari conversível vermelha…

Eu e o Mini: carrinho baby foférrimo!
Tudo bem que teria que ter um mini para me levar e outro exclusivamente para levar o vestido…

Infelizmente, ambos carros não são disponíveis para aluguel no Rio (quer dizer, acho até que tem Ferrari para alugar no Rio, pois lembro de ter visto num desses sites de carros para noiva, mas era mega caro e mesmo se o aluguel fosse baratinho, nunca sairia numa Ferrari conversível nesse Rio de Janeiro…imagina parar no sinal?!). Ou seja, chegar de taxi, de van, de Jaguar, de Pajero…pra mim, tudo a mesma coisa. Mas, enfim, acabamos alugando um carro para me levar e nos esperar na volta…

Mal prestei atenção pro carro…O que me lembro mais foi o aperto dentro dele, pois no banco de trás tinha meu pai, minha melhor amiga, euzinha e meu vestido (vulgo “Edredon”). E sério, o vestido ocupava o espaço de um elefante dentro do carro (ou seja, o aperto era culpa do Edredon, não do carro, que tinha um tamanho descente para 3 adultos, desde que estivessem com roupas “normais”)

Sabe aquelas cenas de circo com 20 palhaços saindo de um fusquinha?! Pois bem, meu vestido ocupava o espaço de 20 palhacinhos…

Querem ver?!
E se entrar no carro foi complexo, imaginem a saída…quase arranquei o véu e a tiara…e acabei saindo descalça, porque na hora achei mais fácil (vá entender…)

13 comentários sobre “O carro e o edredon

  1. Hehehe, Helen, vc ficou mesmo bem apertada, mas foi por uma boa causa, né? 🙂

    Essas fotos ficaram divertidas! Eu não poderia dispensar pq o padre atrasou e fiquei o maior tempão lá exposta. Se não fosse o insulfilm, passaria um perrengue. Ah, sobre o visu que o Beto nos causa, certamente se eu usasse o cabelo todo preso seria como o seu, ficou linda. 🙂

    E sabe q qdo fui fazer a prova com ele, ele comentou de vc? Quer dizer, de uma noiva que casaria com batom vermelho, deve ser vc. 🙂 Estávamos conversando sobre fazer coisas originais, já que todos diziam que minha grinalda era pra cabelo preso. Ousei e não me arrependo. 🙂

    Beijos!

    Curtir

  2. Helen estou enviando seu post para parte da minha família rsrs. Acho bacana qm qr alugar um carro, mas eu acho desnecessário! Na minha opinião, é um dinheiro q posso usar em outro item que valorizo mais!! Mas vc n sabe o qnto já escutei por conta disso hahaha Seu post expressa minha opinião perfeitamente!! Bjuss

    Curtir

  3. Oi Helen,
    Sabe que tenho pensado muito nisso?
    Com certeza não vou alugar carro nenhum. O vocalista da banda do Wally tem um Bel Air que tá reformando. Se ficar pronto até lá eu vou nele. Senão, vou com a minha irmã, de táxi, qq coisa.
    Vou me arrumar na minha casa e a cerimônia vai ser no salão que fica a exatos 3 quarteirões de lá. Não faz nenhum sentido!
    Muito bom você ter tocado no assunto. Às vezes a gente acaba se “deslumbrando” e gasta dinheiro com coisas desnecessárias mesmo!
    Bjss

    Curtir

  4. hahahahahaha

    Show!!!

    Luis disse que o Mavecão fica pronto até o final do ano. Tomara!
    Mas se não ficar pronto, vou até no carro da minha mãe! Mesmo porque se a gente não fechar hotel pro dia, o apê fica a quatro minutos da igreja. A gente volta a pé e aproveita pra fazer um trash the dress na São Clemente! rsrsrs

    Beijão!

    Curtir

  5. Acredita que eu aluguei o meu carro na véspera praticamente?? eu ganhei do meu buffet o carro para ir para a cerimonia.. mas não tinha ganhado a volta… e eu só me preocupei com isso no final de tudo, tipo, na sexta! Aí tinha decidido que voltaria de taxi… mas meu pai não deixou e pagou para o cara ficar mais tempo e me trazer da festa para o hotel 😉
    bjus

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s