Palau de la Musica Catalana

Foto: Google images.

Uma das construções que achei mais impressionante em Barcelona foi o Palau de la Música Catalana, um auditório no estilo modernista catalão, projetado pelo Lluís Domènch i Montaner no início do século 20. O auditório foi construído para ser a nova sede do Orfeo Catalã, um coral, fundado em 1891, que participou ativamente na “Renaixença,” um movimento cultural da língua catalã. O Palau venceu o prêmio de melhor edifício construído, concedido pela Câmara Municipal de Barcelona em 1909, e em 1997, a UNESCO o declarou Património Mundial. 
Existe duas formas de visitar o Palau de la Música: você pode comprar um ingresso para assistir a um concerto (deve ser uma experiência única!) ou então, você compra ingresso para o tour guiado com hora marcada (sugiro que isso seja feito online, para não ter que ficar esperando…os tours são feitos a entre 10:00 – 15:30, demoram 50 minutos, e têm em inglês, catalão, espanhol e francês). Fiz o tour guiado e gostei bastante. Só fiquei um pouco frustrada por não poder tirar fotos no interior do teatro (não é permitido, por isso que praticamente todas as fotos desse post foram tiradas do Google). 
A fachada do Palau.
Foto: Google images.

A fachada do Palau é belíssima, cheia de detalhes e história. No canto da fachada, tem uma série de esculturas “La cançó popular catalana” feitas pelo Miquel Blay. As esculturas representam São Jorge, marinheiros, camponeses, crianças, e membros da elite, indicando que o auditório pertencia a todos. As colunas são todas cobertas de mosaicos e no segundo andar, em cima das colunas, tem três bustos: do Giovanni Pierluigi da Palestrina, Bach e Beethoven (ao dobrar a esquina, também tem o busto de Wagner). As colunas na base do prédio originalmente eram as bilheterias, todas trabalhadas em mosaico, uma coisa linda!

Bilheteria antiga do Palau.
Foto: Javier1949 no Flickr.
Inclusive, ele tem fotos lindas do Palau aqui.

Hoje em dia, a entrada não é mais pela fachada principal, e sim pela lateral, que foi reformada em 1989. Para manter parte da fachada, a construção moderna é toda de vidro.

A entrada atual do Palau. 

Se o exterior do Palau já impressiona, o interior então é deslumbrante! 
Foto: Javier1949 no Flickr.

Essa é a única foto que tirei com minha camêra no interior…é o café do teatro. Não dá para ver muita coisa, mas dá para ter uma leve noção do espaço detalhado (todas as colunas têm essas rosas super trabalhadas, o ambiente é bem colorido com vitrais, etc).

O principal mesmo é o salão de concerto, que é super vivo e colorido.
Foto: Google images.

Esse salão é cheio de mosaicos e vitrais, que iluminam o ambiente. Inclusive, essa é a única sala de concertos na Europa que não precisa de iluminação artificial para concertos durante o dia. A claraboia enorme (e maravilhosa!) no centro do teto permite a entrada de luz natural. A claraboisa foi feita por Antoni Rigalt i Blanch, representando um enorme sol.

Detalhe da claraboia.
Foto: Google images.

O palco também é bem especial. O busto à direita é de Beethoven, logo abaixo da Cavalgada das Valquírias de Wagner. E à esquerda, tem o busto de Josep Anselm Clavé, político, poeta e compositor catalão. 
Foto: Google images.

No fundo do palco, se vê “meia-esculturas” de 18 musas modernistas. Digo “meia” porque as musas são metade mosaicos e, a partir da cintura, se tornam esculturas, como se elas estivessem saindo das paredes. A impressão que passa é que, com a música ao vivo, elas ganham vida. Cada musa é única, com sua própria roupa e cada uma tem um instrumento diferente.
Detalhe das musas ao fundo, com o busto de Beethoven à direita. 
Foto: Google images.
Foto: dcjay.typed.com, via Google Images.

E para finalizar, fotos completamente toscas tiradas com o celular “escondido” (eu entendo quando museus proíbem fotos das obras de arte por questões de segurança e tb porque luz do flash estraga as obras, mas quando o espaço não tem nenhuma obra valiosa dentro e você mesmo assim não pode tirar foto sem flash, me dá uma raivinha e baixa um espírito meio “rebelde”)

Olha que maravilhoso o mosaico na coluna do salão! Não é lindo? 

Detalhe dos vitrais laterais 

Essa é a claraboia do Palau. Não é maravilhosa?! 
Acho que é um dos trabalhos de vitral mais lindos que já vi. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s