4o Dia na Toscana: San Gimignano

San Gimignano é um cidadezinha medieval, fundada pelos etruscos, que fica no alto de uma colina, perto de Siena. Ela é conhecida pela arquitetura medieval, pela muralha que cerca a cidade toda e pelas 14 torres medievais que ainda existem (são essas torres aí na foto). A impressão que dá é que a cidade parou no tempo no século 14. Em 1990, San Gimignano foi declarada Patrimônio Cultural Mundial pela UNESCO.

As torres são do século 13, e originalmente, eram 72. As torres de San Gimignano são tão famosas, que a cidade é conhecida como “San Gimignano dalle belle torri” (San Gimignano com as torres bonitas).

As torres de San Gimignano. 

Em 1251 começou a construção da muralha de San Gimignano. 11 anos depois, a muralha ficou pronta, criando uma proteção adicional para a cidade (e do lado de fora dos muros de defesa, ainda tinha valas bem profundas!) Hoje, a muralha está praticamente intacta, com todas suas cinco portas de entrada na cidade.

Esse é o Palazzio Podesta, que é a câmara municipal de San Gimignano. Lá também tem um museu com várias pinturas renascentistas do século 13-15. No lado direito do palácio tem a “Grande Torre,” erguida em 1300.

Estátua suicida no topo de uma das torres.

No meio da praça principal tem um poço antigo. Ele não funciona mais, mas é um charme.
Tudo de pedra. Muito fofo, né? Eu adoro quando tem essas heras subindo nos prédios. 

Eu adoro as janelas na Europa. Elas são tão simpáticas e convidativas!

San Gimignano também é bastante conhecida pelo salame de javali. Ou seja, tinha várias lojinhas vendendo salami, temperos e azeite de oliva para os turistas.
Apesar da cidade ser bem pequenininha, ela tem não um, não dois, mas TRÊS museus sobre tortura…meio freaky, né? A gente não chegou a visitar esses museus, pois dispenso pesadelos quando estou de férias… 

A cidade é todinha assim: com ruelas, fachadas velhinhas medievais, e bastante turistas. As vezes dava até a impressão de estarmos num parque de diversão temático 🙂
O Duomo de San Gimignano. Essa igreja, com a fachada românica, é considerada praticamente um museu, pois tem várias obras de arte, incluindo uma série de afrescos do Taddeo di Bartolo.
A cidade tem vários mirantes, acompanhando a muralha. Essa vista não é maravilhosa?!
A cidade tem uma das melhores gelaterias do mundo (e não, não estou exagerando). A Gelateria Dondoli ganhou a competição mundial de gelato em 2006/07 e em 2008/09. 

A “listinha” dos sabores super variados que tem na Dondoli. Entre as especialidades da casa estão Crema di Santa Fina (uma mistura de açafrão e pinole), Champelmo (grapefruit com espumante) e meu predileto: Zabaione di Vinsanto (AMO gelato de zabaione!)

Minha tia e eu, felizes da vida após comermos nossos gelatos 🙂 
Meu galã de cinema.
Quem tirou essa foto foi minha tia. 

5 comentários sobre “4o Dia na Toscana: San Gimignano

  1. Ah… San Gimignano!!! Nem me fale que fui pra la e nao tomei o sorvete….. aff…

    E é super diferente ver ela cheia e colorida! No dia que fomos nao tinha 1 só alma e tava com céu nublado… super nostalgico….

    Lá é lindo, ne??

    BEijinhso!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s