"Quando a cabeça não pensa…

…o corpo (e o bolso) pagam.”

Quem me ensinou essa frase foi uma amiga dos meus pais que viajou conosco pela Toscana. Eu modifiquei um pouquinho, adicionando o parêntese. E qual foi o contexto da frase? Senta, que lá vem história…

No início do mês passado, meu marido super atleta (porque todo aluno de doutorado é mega atleta, né?) resolveu participar de um campeonato de futebol.

Poli observando o jogo. Estava friozinho, então ela teve que cobrir a camisa do Brasil com esse casaquinho roxo.

Diz ele que jogava muita bola quando era mais novo, mas desde que estamos juntos (2006), acho que consigo contar nos dedos (das mãos…nem tô incluindo os dedos dos pés) quantas vezes ele jogou futebol…e é claro, eu nunca estive presente nestes “jogos.” Dessa vez, eu falei que não achava uma boa idéia ele participar do campeonato e minha sogra também avisou para ele tomar cuidado. Claro que ele ignorou nossos comentários e foi jogar…mas praga de mulher e de mãe é um negócio forte, né?! Não é que ele jogou uns 10 minutinhos, foi derrubado e torceu o joelho?! Aí, lá fomos nós para a emergência do hospital de Evanston…

Sim, eu registro esses momentos humilhantes da vida do meu marido…é para poder mostrar para ele e fazê-lo lembrar, caso ele tenha algum episódio de amnésia seletiva no futuro e queira jogar futebol novamente.

Ficamos umas 2-3 horas no hospital e ele saiu de lá de muletas, com indicação para ir ao ortopedista, mas sem diagnóstico específico…(ADORO burocracia médica americana…)

Fomos no ortopedista, que pediu uma ressonância magnética, que finalmente deu o resultado: marido rompeu o ligamento anterior cruzado (ACL) e arrebentou o menisco do joelho esquerdo. Maravilha, né? O médico falou que era melhor operar o mais rápido possível, mas que, no meio tempo, bastava andar com cuidado, usando um imobilizador no joelho, e nada de correr/pular. Deu para viajarmos tranquilamente para a Itália, mas se vocês repararem, nas fotos, ele sempre está com o imobilizador no joelho.

Marido de cadeira de rodas no aeroporto indo para a Itália. Ele também usou cadeira de rodas em todos os museus e no Vaticano, pois andar devagar, parando para admirar arte, ficando em fila, sem lugar para sentar não era legal no joelho… 

Por sorte, meu tio querido, que é cirurgião ortopedista “joelhista,” viajou conosco para a Toscana, e lá o Thiago pode fazer uma consulta com um médico mais “família” (o ortopedista que consultou ele em Evanston não se comunicava muito bem…coisa de médico americano…ele falava olhando para o chão e não para você…isso me irrita tanto…) Enfim, meu tio achou melhor operarmos no Rio, com ele (é óbvio!) e então, hoje a noite, estaremos a caminho do Rio: marido, Poliarquia e eu.

Uma dose de ironia…

É claro que gosto de voltar para casa e matar as saudades, mas não estava nos planos de estudo (nem no orçamento) viajarmos agora no meio do ano, mas, fazer o quê, né? Pelo menos vou poder curtir meus pais mais um pouquinho, ver minha avó, e encontrar alguns amigos. Sem falar que é muito melhor fazer uma cirurgia com o conhecimento, carinho e preocupação do meu tio do que com um médico aleatório nos EUA. O problema será o pós-operatório, já que não sou a pessoa mais paciente e carinhosa para cuidar de pessoas enfermas (na verdade, sou péssima…tenho paciência ZERO!), mas isso é história para outro post… 

Por isso, fica a lição: “Quando a cabeça não pensa, o corpo (e o bolso) pagam.”


11 comentários sobre “"Quando a cabeça não pensa…

  1. Nossa Helen…não acredito!! Desculpa, mas dá vontade de rir dessa história..rsrs…homens são muito teimosos!! rsrs….
    Bom, mas ainda bem que o seu tio é médico né, ufa!! Uma viagem pra cá sem planejar realmente não é legal, mas já que está na chuva, né???? rsrs…

    Que legal aí na sua faculdade as aulas complementares e obrigatórias =)

    Beijos! Boa viagem!

    Curtir

  2. Típica lesão de atleta de final de semana. Eu também tive um problema no joelho há 4 naos, mas ainda não tive coragem para operar. Tenho que tomar cuidado com o joelho o dia inteiro, até para crzar a perna. É um saco! Boa viagem!

    Curtir

  3. Homens, teimosia faz parte do código genético rsrsrs Recuperação de joelho é bem chatinha 😦 Ainda bem que vcs vão poder operar com alguém q vcs confiam e se sentem seguro!! Boa viagem para vcs e melhoras rápida para o seu marido!! Bjuss

    Curtir

  4. Helen,
    Sei bem como é essa teimosia masculina. O maridao aqui hoje mesmo deslocou o ombro do lugar jogando basquete, agora nao consegue nem levantar o braco. Mes passado foi o dedo torcido…fogo! Meu pai sempre me fala que o meu seguro saude é embarcar no primeiro voo pro Rio e me tratar quando eu chegar. E o pior é que as poucas experiencias que tive aqui com medico me confirmam essa manobra. Beijao!

    Curtir

  5. Poxa que coisa chata foi geradad pela teimosia dele, mas homens sao fogo. O lado bom e que ele pode operar com alguem da sua familia que vai se preocupar mais com ele e dar melhores orientacoes. Boa viagem e que ocorra tudo bem.
    Beijinhos

    Curtir

  6. Você me perdoa se eu disser que ri sozinha quando li sobre o aluno de doutorado atleta? =D

    Se bem que o pesssoal aqui do IMPA tem um grupo de volei que joga religiosamente toda sexta! oO

    Beijão, boa viagem e melhoras pro marido!!!

    Curtir

  7. Nossa Helen!! Coitadinho!!!
    Bem… boa viagem!!!!
    E logo, logo o maridao atleta vai estar pronto para jogar…. xadrez!!! rs…
    hehehe mas vai dar tudo certo! Agora é só o repouso.

    AH! E vc estando de volta em agosoto/setembro.. se der tempo vou te conhecer, hein?! (ou se vc quiser ahahah), vamos pro Canada e passaremos rapidinho por NY que a gente ja conhece, mas vamos fazer Washington, Philadelphia, Atlantic City (hauahua), etc de carro.. vamos perambular por essas bandas. 😉
    Te aviso quando tiver tudo certinho 😉

    Beijao!!! E Boa cirurgia pro marido!!!

    Curtir

  8. Meu irmão teve um problema semelhante, mas não lembro qual osso ele fraturou e na epoca estava morando no Mexico. Não tiveram duvida enfiaram ele num aviao para operar aqui. E acho que foi a melhor coisa sabe?

    Poxa queria te conhecer ao vivo, será que a gente consegue?

    Onde ele vai operar aqui?

    Beijos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s