A única parte da neve que não curto

É tirar neve do carro! 😦
Essa é a cena (e olha que nesses dias, a situação estava light…o carro nem estava atolado) 
Acho um saco ter que pegar a vassourinha e ficar limpando o carro. 
Dá um certo trabalhinho (demora uns 10-15 minutos) e cansa, pois requer um certo esforço (principalmente quando vc tem quase a altura do carro e tem que ficar se esticando toda para limpar o teto e o parabrisa…). Da última vez (limpando o carro da 1a foto), estava com meu monitor de batimento cardíaco, pois estava a caminho da ginástica, e queimei 100 calorias! 

Missão (chatinha) cumprida!

9 comentários sobre “A única parte da neve que não curto

  1. o lado bom é gastar calorias! rs #pollyanafeelings

    Eu tenho medo de neve, acredita? Sou carioca bem adaptada, adoro o calor (juro, 24 graus pra mim é frio) e sempre que marido fica dizendo pra gente viajar no inverno daí eu fico em pânico! rs
    Vai entender!

    Curtir

  2. Oi, Helen! Sou nova por aqui, mas já curti muito seu blog!
    Moro na região metropolitana de NYC há menos de 1 ano e essa coisa de neve é novidade pra mim. Ontem, depois da nevasca, saí na rua e vi muita gente limpando os carros e tentando sair com o carro e teve gente que não conseguiu sair nem tirando toda a neve que dava pra tirar do caminho, o carro só patinava. Imagino mesmo que dê um trabalhão! Mas faz parte, né!!
    Beijo

    Curtir

  3. Vou repetir a mesma pergunta da danee rss
    Ah, e em quais casos vira “ponto facultativo” por aí? ou não tem isso… tipo, as pessoas ficam em casa em que situação ou todo mundo tem que ir trabalhar mesmo independe da quantidade de neve que for?

    Pergunto isso, pq aqui no Brasil é lenda virar ponto facultativo quando dá mais de 40 graus… eu vou trabalhar normalmente rs

    bjocas

    Curtir

  4. Tem que nevar MUUUUUUITO para virar ponto facultativo…Como aqui neva bastante, a cidade já está acostumada com neve e tem infraestrutura para continuar funcionando mesmo com bastante neve. Acho que nesses 5 anos que o Thiago mora aqui, só teve um “snow day” (dia que os colégios fecham), quando nevou quase 50 cm em menos de 12 horas. Mesmo assim, a cidade não parou. Muita gente trabalhou de casa e os funcionários públicos ainda tiveram que trabalhar!
    Para vc ter noção, depois do furacão em NY ano passado, vários amigos meus (funcionários municipais) tiveram que trabalhar. Se faltassem, perdiam um dia de férias (e olha que muitos nem tinham transporte público para chegar no trabalho, já que várias estações de metro estavam fechadas…)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s