Book Club

(ou a associação literária das mulheres de doutorandos de Northwestern)

Quando era criança, toda santa noite, antes de dormir, eu lia um livro. As vezes lia por 15 minutos e capotava, mas as vezes (e mais frequentemente), ficava uma boa hora ou até duas lendo meus livrinhos (e de vez em quando, quando o livro era BOM DEMAIS, virava a noite…) Mantive esse hábito até o início da faculdade, quando, de tanto estudar, não tinha pique para ler a noite na cama, afinal, lia em torno de 400-500 páginas por semana para minhas aulas…(sim, a média era 100 páginas por semana, por matéria…fazendo umas 4-5 matérias por semestre, chegamos ao total de 400-500 páginas por semana)

The Babysitter’s Club, uma das séries que mais gostava de ler entre meus 9-13 anos.

Infelizmente, desde então, meu ritmo de leitura “não-acadêmica” caiu bastante. Claro que, sendo estudante profissional, eu leio praticamente toda santa hora de todo santo dia (e vou te contar, tenho uma velocidade de leitura surpreendente, é uma das coisas dais quais mais me orgulho! Sem falar na capacidade de só bater os olhos em uma página para saber o ponto principal do argumento…uma técnica aprimorada no doutorado por questões de sobrevivência…)

Aí, em janeiro do ano passado, uma das minhas amigas aqui de Evanston teve uma idéia super legal: começar um book club (clube literário), com algumas das nossas amigas. Funciona assim: uma vez por mês, nós nos reunimos na casa de alguém e discutimos um livro (que foi selecionado pela anfitriã do mês). Eu nunca tinha participado de um book club antes, mas é claro que adorei a idéia! Afinal, assim teria a “obrigação” de ler pelo menos um livro divertido por mês 🙂

Book club “vintage” rsrsrsrs

Bem, estamos agora no 15o mês do book club, e vou contar: tenho ADORADO nossas reuniões mensais! Passamos os primeiros 60-90 minutos discutindo o livro (sempre curtindo um bom vinhozinho) e depois, fofocamos e comemos por mais algumas horinhas. Programa excelente, né?!

Nesse meio tempo, já lemos Garcia Borges; CS Lewis (As Cartas do Inferno, não As Crônicas de Narnia, que li na época do colégio); Tender at the Bone, a autobiografia (muito boa!) da Ruth Reichl; Asimov (Fundação); Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata da Mary Ann Shaffer; Não Me Abandone Jamais do Kazuo Ishiguro e Reparação do Ian McEwan.

Para o próximo encontro, vamos ler A Guardiã da Minha Irmã, da Jodi Piccoult.

Adoro que o book club me fez voltar as minhas raízes literárias (agora tenho lido mais 2-3 livros por mês além do livro do book club. Yay!) e mais importante, o book club me ajudou a fazer ótimas amizades aqui em Evanston. Praticamente todas as participantes do book club são mulheres de doutorandos de economia (ou finanças) de Northwestern, universidade do marido, logo, o título desse post 🙂


3 comentários sobre “Book Club

  1. Um clube do livro é uma otima ideia, sempre!

    Ja participei de um aqui no Rio, era bem divertido e me aproximei bastante das meninas.
    Hj em dia tento ler pelo menos 2 livros por mês… Logo qdo casei entrei na onda do marido que ama ver TV. Eu nao tinha esse habito qdo solteira pois não tinha TV no quarto… Então eu lia. Casada, passamos a ver mtas mtas séries e fui deixando a leitura de lado. Agora tento dividir o tempo.

    Beijos

    Curtir

  2. Muito legal esta idéia !!!!!! Nunca tive o hábito de ler … aí casei e o marido para dormir tem que ler, senão não dorme … acabei começando a ler também. Mas agora tive que dar uma paradinha pq quando tenho tempo para ler, prefiro dormir (rs………..). Giulinha dá trabalho !!! hahahahahahahahaha …

    Beijinhos !

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s