Aonde Comer em Chicago: Sprout

Em março, por causa do congresso anual da American Association of Orthopedic Surgery, tivemos várias visitas aqui em Chicago (juro que metade dos meus tios são ortopedistas…) Dessa vez, fomos jantar no Sprout, um restaurante meio francês-meio americano, aconchegante e delicioso, cujo chef é o Dale Levitski, que foi o 2o colocado na 3a temporada de Top Chef. O cardápio é prix fixe, com várias opções para entrada, prato principal e sobremesa.

Adorei que os nomes dos pratos são bem objetivos e simples: somente o ingrediente principal!
Começamos com um pequeno amuse-bouche, de alface frisé com creme de chèvre. Super sutíl e delicioso! 

De entrada, pedi a salada com pera, castanha macadamia e para dar um toque especial, anis. Uma combinação inusitada e bastante saborosa! Nunca imaginaria que anis ficaria gostoso na salada….

Marido pediu a bochecha de vitela na entrada. Carne super macia, dessas que desmancham na boca! 
Ao invés de um sorbet para “limpar” o paladar, o chef ofereceu um risoto de alho poró com um aioli delicioso (só não lembro mais de que…) Estava bem leve e saboroso! 

O prato principal do Thiago era de dar inveja. Não é uma obra de arte?! Achei lindo! Esse era o coelho (morro de pena de comer coelho…can’t eat bunny rabbits…)

Eu pedi o pato, que vinha acompanhado com couve de bruxelas, lentilhas, pure de butternut squash (AMO!) e um molho de cereja, um pouco doce e ácido, balanceado o pato. Estava maravilhoso!!!

Ao invés do típico “queijos e vinhos,” o chefe preparou um mini-queijo-quente com queijo cheddar bem envelhecido, servido com uma cervejinha. Achei um charme! (e ouso dizer que foi o melhor queijo-quente que já comi na vida!!!) 
Achei tão engraçadinho que, na cerveja do marido, surgiu esse coração 🙂

De sobremesa, marido pediu a de chocolate: cerejas, sorvete, brownie e fudge. Um pecado!!!

Como eu prefiro sabores mais “picantes,” de sobremesa pedi a Spice. Uma mixtura de sabores exóticos, mesclando o doce do figo com o azedinho cítrico da pera e do bourbon (com um pouquinho de cardamomo). Uma delícia!!!
Gostamos muito do restaurante e recomendo! A comida estava impecável e o ambiente era mais informal do que a maioria dos restaurantes com comida desse nível (era um “arrumadinho, mas nem tanto”). Acho que é um dos restaurantes mais gostosos (com pratos bem originais) que já fomos aqui em Chicago. Com certeza vale a pena conhecer! 

5 comentários sobre “Aonde Comer em Chicago: Sprout

  1. Minha Nossa Senhora!!!!! Famoso post pecado, hein?
    O prato do Thiago estava lindo mesmo!!!! ADorei!! E vou te dizer que ele mandou bem tb na sobremesa!! O que é aquilo!??!?!??! Aguei aqui heheheh

    Curtir

  2. Eu amo ver pratos decorados!!! Da uma agua na boca!!
    Lindona, queria te parabenizar pela gravidez. Andava meio ausente por isso nao passei por aqui antes!!!!
    Parabens por essa nova fase na sua vida!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s