Week 31: Cub = Coco

Bem, se você comparar essa foto com a foto da semana anterior, reparará que, visualmente, o legume/fruta diminuiu…mas não é minha culpa, tá?! Já tentou achar um coco de 1,5kg numa cidade não-tropical-nem-praiana?! É uma tarefa difícil!!! Mas, para mantermos o integridade do simbolismo vegetal, marido encontrou esse coquinho seco no Whole Foods e a foto foi tirada com ele mesmo…

Essa semana foi mega tranquila, mas com alguns momentos hormonais bem ridículos! Olha, posso até estar me gabando, mas até essa semana, juro que meus hormônios estavam relativamente comportados. Inclusive, acho que, se você perguntasse ao marido como meus hormônios andavam, acho que ele responderia (com um certo ar de surpresa e incredulidade) que, eles até que estavam sob controle…afinal, em 30 semanas, tinha tido apenas três momentos de surtos hormonais durante a gravidez:

Caso 1: Mini Gummi Bears são TÃO fofinhos!!!
Em maio, comprei alguns mini-pacotinhos de mini-Gummi Bears, pois os mini-pacotes são perfeitos para colocar na bolsa, com a quantidade perfeita de Gummi Bears para um lanchinho doce sem perder o controle (quando eu compro o saco tamanho “normal,” como tudo de uma vez só…auto-controle não me pertence…) Aí, abro o primeiro pacotinho, e começo a chorar com a fofura do tamanhozinho do mini Gummi Bear, que é tão lindinho e perfeitinho!

Mas eles não são muuuuito fofinhos para serem comidos?! 

Caso 2: Chorôrô Incontrolável

Esse foi o pior de todos, até agora…uma noite, deus sabe lá porquê, eu comecei a chorar…e chorar…e chorar…de soluçar, ficar com o nariz entupido e os olhos inchados e vermelhos! De me jogar na cama, enterrar o rosto no travesseiro, abraçar a Poly e desabar aos prantos por horas…digno de uma princesa injustiçada em desenho animado…
Obviamente, levei o marido à loucura, porque o coitado ficava perguntando qual era o problema, se ele tinha feito algo de errado, e eu, no auge dos meus hormônios incontroláveis, soluçando “Não tem nada de errado!!! Me deixa em paz!!!” Tadinho dele, né?! (e tadinha de mim…) Basta dizer que, nesse dia, a solução foi ir dormir aos prantos, para acordar toda serelepe e alegre no dia seguinte! (É para mandar internar, né?!)

Caso 3: Cadê a humanidade?! 
Sorte sua se você não viu as cenas do uso das armas químicas (ou o que suspeitam serem armas químicas) na Síria pelo Kadafi no final de agosto…Porque um belo sábado de manhã, Thiago acordou, ligou a televisão, e assim que eu sai do quarto, me deparei com essas imagens, e comecei a chorar…as imagens das vítimas são BEM fortes, e nessas horas, fico me perguntando cadê a humanidade desses monstros que fazem isso?! E como é que vivemos num mundo aonde existe tanto sofrimento e tanta crueldade?! Nessas horas, juro que acho que não há futuro para a humanidade e que deveríamos deixar os animais controlarem o planeta (Honestamente, acho que essas cenas fizeram muitas pessoas chorarem, então não sei se posso atribuir minhas lágrimas exclusivamente aos hormônios da gravidez…)

Mas aí, a semana 31 chegou e perdi controle total dos ductos lacrimais (e do bom senso…), tendo dois momentos patéticos e ridículos! 

Momento Insano 1: Lucy e você, por tempo limitado…

Tinha um comercial da Disney (que passava na TV ano passado, ou seja, quando NÃO estava grávida!) que eu achava a coisa mais linda do mundo! Esse aqui ó:
Toda vez que eu via esse comercial, meus olhos enchiam de lágrimas…no finalzinho, quando o voice-over falava “Lucy, at 4 and a half, and you…available for a limited time only,” me derretia toda…Vou repetir: eu ficava com os olhos cheios de lágrimas assistindo esse comercial, SEM estar grávida (já que esse comercial era do ano passado). Aí, essa semana, assistindo TV, me aparece ESSE comercial da Disney:

E durante os 30 segundos desse comercial (e os outros 45 segundos do intervalo até Modern Family voltar…) eu comecei a chorar descontroladamente! Porque ESSE comercial do Star Wars não chega nem aos pés da fofura e emoção do comercial anterior, que é tão bonitinho e lindo, e nossa deve ser muito emocionante ir à Disney com uma criança de 4 anos que ainda acredita em mágica, e porque que tiraram o comercial da Lucy do ar, já que ele é tão mais emotivo do que esse?!

Vale dizer que, enquanto eu chorava e balbuciava “Lucy…you and me together…for a limited time only” (tentando explicar pro marido porque estava chorando tanto), ele ria de mim…e é claro, eu comecei a rir de mim mesma, já que chorar porque um comercial não é tão fofo quanto o outro é o fim da picada, né?! (Damn pregnancy hormones!)

Momento Insano 2: Eu sou uma orca…
Para explicar esse momento, preciso dar o contexto: De uns dias pra cá, tenho tido uma certa dificuldade para dormir…não é tão trivial achar uma posição confortável na cama e está ficando um tanto complicado mudar de posição, até encontrar uma que seja conducente ao meu soninho. Ou seja, vira e mexe (mas sem, literalmente, virar e me mexer….) me sinto uma mini-Orca encalhada no colchão.

Jamais colocaria uma foto de uma baleia fofa sofrendo na praia. Então aqui vai uma foto sorridente da Shamu.

Aí, uma noite, NENHUMA posição estava confortável, e eu ficava tentando virar e revirar (o que requeria um certo esforço cómico da minha parte, mas não garantia nenhum sucesso), até que marido se ofereceu para me ajudar. E eu comecei a chorar! Porque eu não conseguia encontrar conforto; porque era frustrante ele ter que me ajudar a “me virar;” porque se agora já está difícil para dormir, imagina daqui a 9 semanas?; porque a coitada da Poly, que não tem nada a ver com isso tudo, foi expulsa da cama, e será que ela ainda me ama?!; e finalmente, porque era ridículo estar chorando sobre isso…Eu estava chorando porque estava chorando! Cúmulo do ridículo, né?!

Só digo uma coisa: espero que essa semana tenha sido o pico da insanidade hormonal…porque se piorar, acho que nem a Poly vai me aguentar…


3 comentários sobre “Week 31: Cub = Coco

  1. Rindo muito aqui. Eu tive vários episódios de insanidade e choros compulsivos na gravidez. O pior é que depois que a cria nasce a coisa continua. Até hoje tento encontrar meu equilíbrio. beijocas

    Curtir

  2. Helen, achei muito engraçado o modo em que voce descreve cada um desses momentos! Eu sou meio suspeita, mesmo sem estar grávida, tambem fico emocionada com os comerciais da Disney, motivos obvios,ne? rsrs Beijos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s